Natação Para Bebés

  • Benefícios para o bebé

  • Desenvolvimento psicomotor

  • Fortalecimento do sistema cardio-respiratório

  • Relaxa a criança

  • Reforço da sua segurança e independência

  • Aumenta o coeficiente intelectual

  • Desenvolvimento das habilidades vitais de sobrevivência

  • Ajuda na socialização

  • Fortalece o sistema imunitário

Perguntas Frequentes

O bebé durante a sessão faz as suas necessidades fisiológicas na água? Não é melhor usar fralda?

É muito raro, por isso não se justifica a utilização de fraldas. As fraldas ensopam com a água dificultando a movimentação do bebé, pois fazem peso extra.

 

O bebé aprende a nadar? Se sim, em quanto tempo?

O bebé antes dos 3 anos não tem ainda um controlo motor que lhe permita ter coordenação de movimentos. Só após os 3 anos terá possibilidade de começar a aprender algumas técnicas de natação.

 

Se o bebé não aprende a nadar antes dos 3 anos, porquê iniciar estas sessões antes?

Ao iniciar este processo educativo de adaptação, desde os 6 meses, o bebé recebe uma preparação para enfrentar com mais à vontade e segurança o ensino das técnicas de natação após os 3 anos. Para além disso existem vantagens para o seu desenvolvimento físico, psíquico e intelectual.

 

Há problema com a água nos ouvidos?

Antes do início das sessões convém sempre fazer uma visita ao pediatra do bebé, para saber se existe algo que impeça o contacto dos ouvidos com a água. Se o pediatra autorizar, o único cuidado a ter após cada sessão é secar muito bem os ouvidos, para evitar otites.

 

Eles engolem água quando mergulham?

Até aos 3 anos de idade enquanto mantiver os movimentos ou reações reflexas, o bebé engole pequenas quantidades de água durante o mergulho, bloqueando ao mesmo tempo a glote, para evitar a entrada de água nas vias respiratórias.

 

Se o bebé cair na piscina de repente o que é que acontece?

Após o bebé iniciar as sessões de adaptação ao meio aquático, e treinar os contactos com a água na cara, vai começar a habituar-se a bloquear as vias respiratórias através da glote. Sendo assim, quando o bebé cair na água, automaticamente bloqueia as vias respiratórias e fica perto da superfície a boiar.

 

O bebé tem medo da água?

É normal nas primeiras aulas que o bebé se sinta pouco à vontade e se agarre à mãe ou pai. Mas se tiver menos de 1 ano, rapidamente se descontrai e começa a tirar prazer de estar dentro de água. Após o primeiro ano é normal que as defesas sejam maiores mas não há nada como o respeito pela criança e a constante proposta de brincadeiras e jogos para eliminar os receios.

 

São comuns as mudanças de comportamento durante a adaptação?

São bastante comuns. Existem duas fases em que a alteração é notória: no aparecimento da primeira dentição e no início da marcha. Por vezes qualquer alteração do convívio familiar também pode provocar mudanças de comportamento.

 

Alguns bebés com a mesma idade têm desenvolvimento e comportamento diferentes?

Cada caso é um caso. O ritmo e a psicomotricidade de cada criança é que vai determinar o seu desenvolvimento e comportamento. Logo, não é correto fazer qualquer tipo de comparação.

 

A presença da mãe é sempre necessária? E a do pai?

O ideal seria a presença de ambos. A presença de ambos tem vantagens na medida em que fortalece laços familiares, tornando-se assim mais um momento de convívio familiar.